resep masakan

Não perca: 1º Seminário Interinstitucional Sobre Referências e Normas para Articulação do Currículo, Gestão e Espaço Construído das Escolas – 08 e 09 de Setembro de 2015

A Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) sedia o evento “1º Seminário Interinstitucional Sobre Referências e Normas para Articulação do Currículo, Gestão e Espaço Construído das Escolas”, promovido pelo Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD-UFOP), pelo Departamento de Engenharia de Produção, Administração e Economia (DEPRO), pelas instituições de ensino superior parceiras UFOP, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) no Processo Formativo em Educação Ambiental: Escolas Sustentáveis COM-VIDA, em parceria com o Ministério da Educação, através da SECADI/CEGEA, FNDE e com o Ministério do Meio do Ambiente.

Trata-se de um diálogo interinstitucional sobre Educação Ambiental, sustentabilidade e definição de parâmetros consensuados sobre Espaço Educador Sustentável, com a presença de educadores e autoridades no assunto de todo o país.

Na terça-feira no dia 8/9/2015 no auditório da Escola de Minas no campus do Morro do Cruzeiro, às 9h terá inicio do evento com a Mesa de Abertura coordenada pela Profa Dulce Maria Pereira (UFOP), inicialmente a Profa Célia Maria Fernandes Nunes, vice-reitora da UFOP, acolherá os participantes. Na mesa de Abertura estão presentes o prof. Dr Cristiano Cezar de Oliveira Passos, Coordenador Geral de Educação Ambiental, do CGEA- SECADI-MEC, Marcella Lopes Berte, coordenadora para Juventude, do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Vanessa Louize Batista, coordenadora Geral de Cultura e Territórios Criativos do Ministério da Cultura (MinC), Camila Curi, analista de infraestrutura na Diretoria de Programas e Projetos Educacionais, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) vinculado ao MEC, e representantes da prefeitura de Ouro Preto, Felipe Vecchia Guerra secretário de Turismo e Cristina Araujo secretária de meio Ambiente e Agropecuária.

Dando sequência a Mesa: A escola inovadora, inclusiva, criativa, sustentável, coordenada pela Profa Dra Angela Maria Zanon (UFMS), cujo objeto de discussão será “como definir escola inovadora sustentável”, com a articulação de materializar no espaço construído os processos que conduzam a um espaço sustentável e inovador.

Com a participação de:

  • Representantes da IES parceiras: UFMS, UFMT e UFOP.

  • Prof. Cristiano Passos (CGEA- SECADI-MEC) com o tema - “Educação Ambiental: qual o lugar da escola inclusiva, criativa, educadora e sustentável?”.

  • Marcella Lopes Berte, (MMA), com o tema “Sem voz, propostas e demandas de inclusão: os jovens, que escolas querem? E a Educação Ambiental que escola propõe?

  • Vanessa Louize Batista, (MinC), com o tema “Cultura, territórios criativos e escolas inclusivas e sustentáveis”.

  • Camila Curi, (FNDE) com o tema “Como é planejada e avaliada, hoje? Como chegar a sustentabilidade?

No período da tarde, os participantes, parceiros convidados e equipe organizadora formarão Grupos de Trabalhos cuja discussão será norteada pelas questões: Qual a posição institucional sobre o processo para a estruturação das escolas inovadoras sustentáveis? Qual o papel das instituições responsáveis pela Educação ambiental? Como articular um processo consensuado? Como organizar os espaços para que sejam referência de Educação Ambiental, e sejam inovadores, criativos, sustentáveis? Identificar os conflitos, as possibilidades e consenso. O trabalho deste processo conta com a apresentação das complexidades por Cristiano Cezar de Oliveira Passos, MEC e coordenação da Profa. Dulce Maria Pereira, da UFOP, sendo, os debates finais coordenados pela Profa. Glauce Viana de Souza, da UFMT.

Na quarta-feira no dia 9/9/2015 pela manhã, no auditório da Escola de Minas no campus do Morro do Cruzeiro, às 9h, retoma as discussões com a Mesa Redonda com o tema Escola: Espaço Educador Sustentável, Inclusivo, Inovador, Criativo, no território. Técnicas, Tecnologias, Processos e Equipamentos no território. Coordenada pela Marcella Berte (MMA).

Com a participação de:

  • Dr Eufran Ferreira do Amaral (engenheiro agrônomo, pesquisador e atualmente é o Chefe-Geral da EMBRAPA- Acre), com o tema – Referências de um processo de escuta e observação do território: Escolas do Acre.

  • Prof Dr José Afonso Porto Carrero (UFMT) – com o tema: Arquiteturas de Escolas Sustentáveis: projeções e reflexões.

  • Prof. Dr Gilberto Fernandes (UFOP) – com o tema: Os desafios da formação de engenheiro e arquitetos. Propostas de mudança para o sistema de ensino.

  • Debate.

Ainda pela manhã os participantes, parceiros convidados e equipe organizadora formarão Grupos de Trabalhos cuja discussão será norteada pelas questões: Quais referências técnicas definem a escola inclusiva, inovadora, criativa, sustentável? Reflexões e recomendações para organizar e articular as unidades escolares como espaços construídos que sejam referencias de Educação Ambiental nos territórios. Identificar os conflitos, as possibilidades e consenso.

Na quarta-feira à tarde – Breves reflexões da profa Angela Gomes (UFMG) – nos diálogos: Onde Chegamos? Que continuidades propomos? Dando sequência aos trabalhos, sob coordenação de Cristiano Passos (CGEA-SECADI-MEC) e Camila Curi (FNDE), com resumos dos GTs e procurando construir respostas às questões: Onde chegamos? Que continuidades são propostas?

Finalização: avaliação e conclusão sob coordenação de Vanessa Louize Batista (MinC) e redatoria de Glauce Viana de Souza (UFMT).

O “1º Seminário Interinstitucional Sobre Referências e Normas para Articulação do Currículo, Gestão e Espaço Construído das Escolas” é realizado apoio da Reitoria, da Fundação Gorceix e da FEOP .